Notícias

 

Palestras abordam a necessidade de preservação da qualidade do ar

19/08/2015

Iniciativa da Abes-RS e SENGE trará especialista para debater alternativas de melhoria para o ar que respiramos

Para marcar a celebração do Dia Interamericano da Qualidade do Ar, a Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental - Seção Rio Grande do Sul (Abes-RS), em parceria com o Sindicato dos Engenheiros do Rio Grande do Sul (SENGE), promove, na quinta-feira (20/08), o ciclo de palestra Saneamento e Ambiente: Encontros da Engenharia. O tema desta edição será "Qualidade do ar e alternativas para a sua melhoria". O evento terá lugar no auditório do sindicato, na avenida Erico Veríssimo, 960, bairro Menino Deus, em Porto Alegre, a partir das 16h30min.

O meteorologista Gabriel Bonow Munchow, do Laboratório de Meteorologia e Qualidade do Ar da UFRGS, abrirá as atividades, proferindo a palestra "Aerossóis e seus efeitos adversos no meio ambiente". Em seguida, o químico e técnico da Fundação Estadual de Proteção Ambiental (FEPAM), Márcio D’Avila Vargas, falará sobre "Monitoramento da Qualidade do Ar no Rio Grande do Sul".

Fechando os trabalhos o engenheiro da empresa TMSA Tecnologia em Movimentação, do Rio Grande do Norte, Carlos Naschold, irá abordar o tema " Pó, o perigo invisível".

O Dia Interamericano da Qualidade do Ar é celebrado sempre na segunda sexta-feira de agosto, portanto no dia 14 deste mês. De acordo com o diretor da Abes-RS, Paulo Robinson Samuel, o tema da qualidade do ar gera reflexos nos aspectos sociais, ambientais e econômicos. No lado social, pelo fato da qualidade do ar ter relação direta com a saúde pública. Na questão ambiental, o fato do meio ambiente necessitar estar saudável para que os seres humanos também sejam saudáveis. E, no aspecto econômico, pelo fato de ambiente e pessoas doentes obrigarem os governos a dispenderam mais recursos financeiros para o tratamento.

- A maioria das pessoas não se dá conta da qualidade do ar que respiramos. Hoje temos indústrias e carros antigos que poluem muito, além de toda a questão da queima de resíduos de forma errada. Isto tudo prejudica a qualidade do ar e gera os prejuízos sociais, ambientais e econômicos - ressalta Samuel.

O Dia Interamericano de Qualidade do Ar é uma data destinada a conscientizar a população a respeito da contaminação atmosférica e de seus efeitos na saúde pública. Criada pela Associação Interamericana de Engenharia Sanitária e Ambiental (a AIDIS), a data é celebrada simultaneamente em 32 países da América Latina e Caribe. Seu lançamento ocorreu em agosto de 2002, em São Paulo.

Mais informações sobre o evento podem ser obtidas pelos telefones (51) 3230. 1637 e 3230.1622, além do e-mail qualificacoes@senge.org.br. Os mesmos canais servem para os interessados se inscreverem.