Notícias

 

ABES e BID realizam pesquisa nacional inédita com consumidores, empresas e profissionais do saneamento

26/11/2015

Uma pesquisa inédita em saneamento está sendo promovida em todo o território nacional pela Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental e pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento. O levantamento integra um projeto de parceria entre as duas instituições para, entre outros objetivos, elaborar o Plano Estratégico de Capacitação em Regulação e Implantação de Módulo de Ensino a Distância (EAD).

Os formulários disponibilizados online - específicos para cada grupo - contêm questões a respeito da visão dos agentes quanto aos desafios mais relevantes para o setor de saneamento, em particular sobre a implantação da regulação, a viabilização da universalização dos serviços, a política tarifária e de subsídios e os sistemas de indicadores. Cada formulário é destinado a um agente do setor: consumidores, poderes concedentes, prestadores de serviços ou entes reguladores.

O curso de ensino a distância será disponibilizado a profissionais em todo o Brasil, gratuitamente. Terá como público alvo gestores, operadores, reguladores, com ênfase especial ao chamado “chão de fábrica” do setor. “Temos que investir na qualificação de todos os envolvidos na cadeia produtiva do saneamento. Há prefeitos de pequenas cidades, prestadores de serviços, gestores que não têm conhecimento da regulação do setor”, explica Dante Ragazzi Pauli, presidente da ABES.

É essencial, ressalta Dante, que tenhamos um sistema transparente de regulação para o saneamento e que este seja conhecido por todos os entes do setor para garantir a manutenção e modernização do patrimônio operacional transferido aos concessionários, estabelecer mecanismos de regulação do mercado com aferição da eficiência na operação, negociação e revisão de tarifas, bem como na arbitragem de conflitos entre usuários, concessionárias e o próprio poder público, solucionados por meio de processos transparentes e amplamente divulgados.

Para responder à pesquisa, consumidores, profissionais e outros agentes do saneamento podem acessar o link http://abes-dn.org.br/regulacao/ e clicar na categoria à qual pertencem.